Aspectos Espaciais da Produtividade do Leite Brasileiro nos Anos Censitários do Século XXI

Autores

  • Lucas Siqueira de Castro Professor do Programa de Pós-Graduação em Economia Regional e Desenvolvimento e do Departamento de Economia, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), Seropédica, RJ, Brasil

Palavras-chave:

leite; produtividade; β convergência espacial

Resumo

Historicamente, o Brasil possui forte relação de dependência do agronegócio, chegando a determinar combinações políticas, como a “política do café com leite”. Para manter-se como um dos setores mais dinâmicos do país, foi preciso aliar as potencialidades naturais, como a disponibilidade de terras, ao investimento em pesquisas e no desenvolvimento de tecnologias, para garantir ganhos de produtividade. Entretanto, o comportamento da produtividade agropecuária brasileira vem sido questionado recentemente, em virtude de uma suposta desaceleração deste processo. Desta maneira, o presente trabalho propõe investigar possíveis processos de convergência espacial da produtividade do leite nos municípios brasileiros, nos anos censitários de 2006 e 2017. Como resposta, atestou-se a existência de padrões da β convergência condicional para a produtividade do leite municipal brasileira, direta ou indiretamente. Todavia, regionalmente, é possível constatar a desaceleração das taxas de convergência.

Referências

ALMEIDA, E, S.; PEROBELLI, F. S.; FERREIRA, PP. G. C. (2008) Existe convergência espacial da produtividade agrícola no Brasil? Revista de Economia e Sociologia Rural, v. 46, n. 1, pp. 31-52.

ALMEIDA, E. S. (2012) Econometria Espacial Aplicada. Campinas, SP: Editora Alínea. ANSELIN, L. (2016) GeoDa™ 1.8.14 User’s Guide. Center for Spatial Data Science, University of Chicago.

ARBIA, G. (2006). Spatial econometrics: statistical foundations and applications to regional convergence. Berlim: Springer Science & Business Media.

BAER, W. (2009) A Economia Brasileira. São Paulo: Editora Nobel, 4ª Edição.

BARKER, R.; STANTON, B. F. (1965) Estimation and aggregation of firm supply functions. Journal of Farm Economics, v. 47, n. 3, pp. 701-712.

BARRIOS, E. B. (2007) Convergence in Agriculture of Some Asian Countries. Research report 71. Tokyo: Asian Development Bank Institute.

BARRO, R.; SALA-i-MARTIN, X. (1990) Economic growth and convergence across the United States. Cambridge: National Bureau of Economic Research.

BARRO, R.; SALA-i-MARTIN, X. (1991) Convergence across the states and regions. Brookings Papers on Economic Activity, v. 1, n. 1991, pp. 107-158.

BARRO, R.; SALA-i-MARTIN, X. (1992) Convergence. Journal of Political Economic, v. 100, n. 2, pp. 223-251.

BAUMOL, W. J. (1986) Productivity growth, convergency, and welfare: What the long-run show. American Economic Review, v. 76, n. 5, pp. 1072-1085.

BAUMONT, C. (2004) Spatial Effects in housing price models: do house prices capitalize urban development policies in the agglomeration of Dijon (1999)? Mimeo., Université de Bourgogne.

BRASIL – Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. (2019) AGROSTAT Estatísticas de Comércio Exterior do Agronegócio Brasileiro. Disponível em: < http://indicadores.agricu ltura.gov.br/agrostat/index.htm >. Acesso em: 11/09/2019.

BONELLI, R.; FLEURY, F. PP.; FRITSCH, W. (1994) Indicadores microeconômicos de desempenho competitivo. Revista de Administração, v. 29, n. 2, pp. 3-19.

BONELLI, R.; FONSECA, R. (1998) Ganhos de Produtividade e de Eficiência: novos resultados para a economia brasileira. Texto para Discussão 557, Instituto de Economia Aplicada, Brasília.

CASTRO, L. S.; ALMEIDA, E. S.; LIMA, J. E. (2015) A convergência espacial da produtividade de soja no Brasil: o caso das regiões Centro-Oeste e Sul. Revista Espacios, v. 36, n. 21, pp. 1-20.

CEPEA – Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada. (2019) PIB do Agronegócio Brasileiro. Disponível em: <https://www.cepea.esalq.uspp.br/br/pib-do-agronegocio-brasileiro .aspx>. Acesso em: 10/09/2019.

CHRISTOPLOS, I. (2010) Mobilizing the potential of rural and agricultural extension. In: The Global Forum for Rural Advisory Services. Food and Agriculture Organization of the United Nations.

EMBRAPA – Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. (2018) Anuário Leite 2018. Disponível em: . Acesso em: 08/01/2020.

EMBRAPA – Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. (2019) Anuário Leite 2019. Disponível em: . Acesso em: 08/01/2020.

FAN, S.; HAZELL, PP.; THORAT, S. (1999) Linkages Between Government Spending, Growth, and Poverty in Rural India. Research report 110. International Food Policy Research Institute. Washington, D.C..

FAO – Food and Agriculture Organization of the United Nations. (2019) Food and agriculture data.

Disponível em: < http://www.fao.org/faostat/en/#data/QL >. Acesso em: 17/09/2019.

FELEMA, J.; RAIHER, A. P.; FERREIRA, C. R. (2013) Agropecuária Brasileira: desempenho regional e determinantes de produtividade. Revista de Economia e Sociologia Rural, v. 51, n. 3, pp. 555574.

FREITAS, C. O. TEIXEIRA, E. C.; BRAGA, M. J.; SCHUNTZEMBERGER, A. M. S. (2019) Technical efficiency and farm size: an analysis based on the Brazilian agriculture and livestock census. Rivista di Economia Agraria, v. 74, n. 1, pp. 33-48.

GASQUES, J. G.; BASTOS, E. T.; BACCHI, M. R. P.; CONCEIÇÃO, J. C. P. R. (2004) Condicionantes da Produtividade da Agricultura Brasileira, Texto para Discussão 1017, Instituto de Economia Aplicada, Brasília.

GASQUES, J. G.; BASTOS, E. T.; BACCHI, M. R. P. (2009) Produtividade e fontes de crescimento da agricultura. Brasília: Mapa.

GASQUES, J. G.; BASTOS, E. T.; BACCHI, M. R. P.; VALDES, C. (2010) Produtividade total dos fatores e transformações da agricultura brasileira: análise dos dados dos censos agropecuários. In: GASQUES, J. G., VIEIRA FILHO, J. E. R. e NAVARRO, Z. Agricultura brasileira: desempenho, desafios e perspectivas. Brasília: IPEA, 2010, p. 19-44.

GASQUES, J. G.; BASTOS, E. T.; VALDEZ, C.; BACCHI, M. R. P. (2014) Produtividade da Agricultura: resultados para o Brasil e estados selecionados. Revista de Política Agrícola, n. 3, pp. 87-98. GASQUES, J. G.; BACCHI, M. R. P.; RODRIGUES, L.; BASTOS, E. T.; VALDEZ, C. (2016)

Produtividade da agricultura brasileira: A hipótese da desaceleração. In: VIEIRA FILHO, J. E. R.; GASQUES, J. G. (Orgs.) Agricultura, transformação produtiva e sustentabilidade. Brasília: Ipea, pp. 143-163, cap. 5.

GIAMBIAGI, F.; VILLELA, A.; et al. (2005) Economia Brasileira Contemporânea (19452004). Rio de Janeiro: Editora Campus.

GRILICHES, Z. (1994) Technology, education and productivity. An International Center of Economic Growth Publication, v. 18, pp. 1-45.

HELFAND, S. M.; MAGALHÃES, M. M.; RADA, N. E. (2015) Brazil’s Agricultural Total Factor Productivity Growth by Farm Size. In Annals of 2011 AAEA Annual Meeting, San Francisco, CA: Agricultural & Applied Economics Association.

HOFFMAN, R. (1994) Desigualdade e pobreza na agricultura de Goiás: 1970-1990. Revista de Economia e Sociologia Rural, v. 32, n. 3, pp. 237-254.

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo Agropecuário 2017. Resultados Definitivos. Brasília/Rio de Janeiro: Ministério da Economia, 2019.

KIJEK, A.; KIJEK, T.; NOWAK, A.; SKRZYPEK, A. (2019) Productivity and its convergence in agriculture in new and old European Union member states. Agricultural Economics, v. 65, n. 1, pp. 01-09.

LESAGE, J.; PACE, R. K. (2009) Introduction to Spatial Econometrics, CRC Press.

LOPES, J. L. (2004) Avaliação do processo de convergência da produtividade da terra na agricultura brasileira no período de 1960 a 2001. 2004. 208 f. Tese (Doutorado em Economia Aplicada) – Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz", Universidade de São Paulo, Piracicaba, Brasil.

LUCAS, R. (1988) On the mechanics of economic development. Journal of Monetary Economic, v. 22, pp. 3-42.

LUCENA, R. B. (2000) O papel da agricultura no desenvolvimento econômico brasileiro, 1980/1998. 2000. 156 f. Dissertação (Mestrado em Economia) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, Brasil.

LUDENA, C. E.; HERTEL, T. W.; PRECKEL, PP. V.; NIN, A. (2006) Productivity Growth and Convergence in Crop, Ruminant and NonRuminant Production: Measurement and Forecasts. GTAP Working Papers 2220, Center for Global Trade Analysis, Department of Agricultural Economics, Purdue University.

LUSIGI, A.; THIRTLE, C. (1998) Convergence of per capita incomes and agricultural productivity in thirty-two African countries. Journal of International Development, v. 10, n. 1, pp.105-115.

MANKIW, N, G.; ROMER, D.; WEIL, D. N. (1992) Contribution on the empirics of economic growth. Quarterly Journal of Economics. v. 107, n. 2, pp. 407-35.

MELLOR, J. W. (1967) O planejamento do desenvolvimento agrícola. Rio de Janeiro (Estado da Guanabara): Edições O Cruzeiro.

MENDES, S. M.; TEIXEIRA, E. C.; SALVATO, M. A. (2009) Investimentos em Infraestrutura e Produtividade Total dos Fatores na Agricultura Brasileira: 1985-2004. Revista Brasileira de Economia, v. 63, n. 2, pp. 91-102.

MOREIRA, D. A. (1991) Medidas da produtividade na empresa moderna. São Paulo: Pioneira.

NERVOLE, M.; BACHMAN, K. L. (1960) The analysis of changes in agricultural supply: problems and approaches. Journal of Farm Economics, v. 42, n. 3, pp. 531-554.

NEVES, M. C. R.; CASTRO, L. S.; FREITAS, C. O. (2019) O Impacto das Cooperativas na Produção Agropecuária Brasileira: uma análise econométrica espacial. Revista de Economia e Sociologia Rural, v. 57, n. 4, pp. 559-576.

OLIVEIRA JÚNIOR, J. N.; CASTELAR, I.; FERREIRA, R. T. (2009) Convergência Microrregional no Setor Agrícola Usando um Modelo com Efeito Threshold. EconomiA, v. 10, n. 3, pp. 553-576.

PEROBELLI, F, S.; ALMEIDA, E, S.; ALVIM, M. I. S. A.; FERREIRA, P. G. C. (2007) Produtividade do setor agrícola brasileiro (1991-2003): uma análise espacial. Nova Economia (UFMG), v. 17, n. 1, pp. 65-91.

PEROBELLI, F, S.; ARAUJO JUNIOR, I. F. ; CASTRO, L. S. (2018) As dimensões espaciais da cadeia produtiva do leite em Minas Gerais. Nova Economia (UFMG), v. 28, pp. 297-337.

RAIHER, A. PP.; OLIVEIRA, R. A.; CARMO, A. S. S.; STEGE, A. L. (2016) Revista de Economia e Sociologia Rural, v. 54, n. 3, pp. 517-536.

REZITIS, A. N. (2010) Agricultural productivity and convergence: Europe and the United States. Applied Economics, v. 42, n.8, pp. 1029–1044.

RODRIGUES, J. A. (1978) O papel da agricultura no processo de desenvolvimento econômico e as políticas governamentais para o setor agrícola. Revista de Administração Pública, v.12, n. 3, pp. 0937.

RODRIGUES, C. M. (1997) Conceito de seletividade de políticas públicas e sua aplicação no contexto da política de extensão rural no Brasil. Cadernos de Ciência & Tecnologia, n. 1, v. 14, pp.113154.

ROMER, P, M. (1986) Increasing returns and long run growth. Journal of Political Economic, v. 94, n. 5, pp. 1002-1037.

SEXTON, R. J. (1986) Cooperatives and the forces shaping agricultural marketing. American Journal of Agricultural Economics, v. 68, n. 5, pp. 1167-1172.

SHARPLES, J. A. (1969) The representative farm approach to estimation of supply response. American Journal of Agricultural Economics, v. 51, n. 2, pp. 353-361.

SOLOW, R, M. (1956) A Contribution to the Theory of Economic Growth. The Quarterly Journal of Economics, v. 70, n. 1, pp. 65-94.

SOLOW, R, M. (1957) Technical change and the aggregate production function. Review of Economic and Statistics, v. 39, n. 3, pp. 312-320.

SURARIYANTO, K.; THIRTLE, C. (2001) Asian agricultural productivity and convergence. Journal of Agricultural Economics, v. 52, n. 3, pp. 96-110.

Downloads

Publicado

27-05-2022

Como Citar

Castro , L. S. de. (2022). Aspectos Espaciais da Produtividade do Leite Brasileiro nos Anos Censitários do Século XXI. RPER, (61), 105–120. Obtido de http://review-rper.com/index.php/rper/article/view/534